Sexta-Feira, 10 de Abril de 2020

13/2/2020 - Piracicaba - SP

Sedema faz teste durante 90 dias e pesquisa revela apoio dos usuários




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Piracicaba

Após 90 dias de projeto-piloto, a Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) permitirá que pets passeiem pelo Parque da Rua do Porto. A decisão foi tomada pelo secretário José Otávio Machado Menten após reunião com técnicos de quatro outras secretarias da Prefeitura, quando puderam discutir sobre a pesquisa que demonstrou o apoio da população.

O secretário Menten explicou que, num primeiro momento, a intenção da Sedema foi atender aos anseios da população num projeto-piloto. Após esse período, a Secretaria comprovou com números que a liberação teve o apoio dos usuários. Em consultas da Sedema, seja pelo SIP 156, whatsApp e manifestações espontâneas dos usuários, 730 pessoas foram ouvidas. Do total, 657 aprovaram a liberação e 73 foram contra.

Independentemente do resultado positivo da aprovação, a Sedema analisou as opiniões contrárias. Por isso, tomou também a decisão de reforçar a campanha com folhetos e banners em todo parque, alertando os donos dos pets das regras de convivência, principalmente a questão do recolhimento das fezes, uso permanente de guia e coleira e focinheira nos animais de grande porte etc.

OPINIÃO - Os usuários do parque poderão continuar dando opinião a respeito dos pets pelo telefone SIP 156. “Por se tratar de um espaço público, as pessoas têm o direito de opinar sobre o convívio no mesmo espaço. Queremos continuar sendo transparentes e precisamos da opinião de todos”, afirmou Menten.

 

 



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Piracicaba Fácil.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2020, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.