Quinta-Feira, 13 de Dezembro de 2018

9/8/2018 - Piracicaba - SP

Salão de Humor é lançado em São Paulo




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Piracicaba

3694

Ziraldo, Laerte Coutinho, Orlando Pedroso, Zélio e outros artistas consagrados do humor gráfico, estiveram reunidos no Pasquim Bar & Prosa, ontem (07/8) em São Paulo, para o lançamento oficial do 45º Salão Internacional de Humor de Piracicaba. O evento foi registrado por caricaturistas de plantão.

 

Laerte Coutinho autografando cartazes da edição 2018

Durante o lançamento, cartazes do 45º Salão foram autografados pela artista Laerte Coutinho, responsável pela releitura da obra que conquistou o primeiro lugar em 1974, também foram distribuídos catálogos da 44ª edição do Salão, apresentado um painel assinado por Ziraldo e instalado o banner em homenagem aos sambistas brasileiros, de autoria do atual presidente de honra e assíduo frequentador do Pasquim, Paulo Caruso.

 

Banner em homenagem aos sambistas brasileiros

As atividades do evento mobilizaram uma gama importante da área artística, como os cartunistas Laerte Coutinho, Orlando Pedroso, Ziraldo, Zélio, Cissa, Rui Miranda, Gustavo Duarte, Willian Hussar, Camila Oriani, Ponciano, Luciano Veronezi, Leandro Spett, Júnior Lopes, a ilustradora Marisa, o presidente do Salão, Paulo Caruso, o diretor do Centro Nacional de de Divulgação do Humor Gráfico de Piracicaba (Cedhu), Erasmo Spadotto e a secretária de Cultura da cidade de Elias Fausto, Andrezza Ramos.

 

Segundo o diretor do Cedhu, Erasmo Spadotto, todo ano o lançamento oficial é realizado em São Paulo. “Este ano, o Pasquim Bar & Prosa foi escolhido por se tratar de um local inspirado no polêmico jornal impresso da década de 70, reconhecido como colaborador do projeto de criação do Salão em Piracicaba”, relatou.

História - Criado no final dos anos de 1960, o Pasquim foi um semanário alternativo brasileiro que foi se tornando cada vez mais politizado à medida que aumentava a repressão da ditadura, principalmente após a promulgação do repressivo ato AI-5. Com isso, a publicação se tornou uma espécie de porta-voz da indignação social brasileira.

Já o Salão Internacional de Humor de Piracicaba surgiu em 1974 e, inicialmente, contava com a colaboração dos cartunistas Millôr Fernandes, Jaguar, Henfil, Ziraldo, Paulo e Chico Caruso e Angeli, entre outros que, além de integrarem a equipe do Pasquim, passaram pelo evento.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Piracicaba Fácil.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.