Terça-Feira, 24 de Novembro de 2020

20/10/2020 - Piracicaba - SP

Rampa é ampliada para facilitar descida de embarcações no Piracicaba




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Piracicaba

A Prefeitura realizou a ampliação da rampa para o rio Piracicaba, localizada na avenida Beira Rio, em frente ao largo dos Pescadores. A obra facilitará a descida de embarcações e foi uma reivindicação de pescadores, de pessoas que usam o rio para o lazer e também do Instituto Beira Rio.

Para o prolongamento de 6 metros da rampa foram utilizados 16 metros cúbicos de concreto. O trabalho foi feito em parceria entre as secretarias de Agricultura e Abastecimento (Sema), Defesa do Meio Ambiente (Sedema) e Obras (Semob).

O presidente do Instituto Beira Rio, Luís Fernando Magossi, o Gordo, conta que a rampa estará liberada para uso no sábado, 17/10. Gordo lembra que existia um degrau entre rampa e rio, antes da ampliação, de cerca de 40 centímetros, o que dificultava a descida de carretas com barcos levados por carros, veículos baixos, que ficavam “enroscados” no degrau.

“A rampa é de utilidade pública, porque atende, também, Defesa Civil e Corpo de Bombeiros e tem de estar sempre pronta para o uso. É um serviço primordial”, disse.

 

DESASSOREAMENTO – No dia 19/09, a Prefeitura realizou o desassoreamento do rio Piracicaba do lado direito da rampa do largo dos Pescadores. Foram retirados cerca de 40 caminhões de 20 toneladas de areia e pedregulho e de lixo, como pneus - foram retirados cerca de 200 -, tecido, plástico, garrafa, câmara de ar, entre outros objetos, somando cerca de 800 toneladas.

O trabalho fez com que o banco de areia que se formava no local, devido à estiagem, sumisse e a água voltou a correr nesse ponto, que é um dos preferidos dos turistas.

Segundo Magossi, a limpeza foi outra melhoria solicitada pelo Instituto Beira Rio e atendida pela Prefeitura e que colabora com a estética e a preservação do Piracicaba e dos seus peixes. “Os peixes, na época da piracema, sobem o rio cerca de 15 km por dia. Nesse trajeto eles precisam de locais para se desestressar. E é justamente nessa região do Piracicaba, antes do salto, que eles param para descansar e depois subir. Então, com o desassoreamento abriu-se mais espaço para eles”, comemorou Magossi.

 

 



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Piracicaba Fácil.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2020, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.