Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020

15/9/2020 - Piracicaba - SP

Raio-X Digital já está implantado em quase toda a rede de pronto atendimento




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Piracicaba

Quase todas as unidades de pronto atendimento já estão equipadas com o Sistema de Raio-X Digital. Falta apenas a implantação na UPA Vila Rezende, o que deve acontecer ainda nesta semana. A primeira a funcionar foi a nova UPA Vila Cristina, na sequência foram habilitados o COT, a UPA Piracicamirim e a UPA Vila Sônia.

Juntas, as cinco unidades representam uma média de 160 mil exames radiográficos por ano. Volume que deve reduzir expressivamente, devido ao fato de as imagens ficarem arquivadas em nuvem, podendo ser acessadas remotamente, o que evita duplicidades. Com o fim do uso de insumos, como ocorria com a velha tecnologia analógica, a previsão é de uma economia básica com o serviço na rede pública de saúde de R$ 500 mil por ano.

O avanço em praticidade e agilidade no atendimento aos pacientes com a nova tecnologia demarca uma nova fase para o setor de radiologia da rede pública de saúde em Piracicaba. O médicos do Centro de Especialidades Médicas (CEM) também poderão acessar diretamente o sistema, uma vez que oito consultórios terão, até sexta-feira (18/09), computadores e monitores adequados para leitura dos exames lançados pelas UPAs e COT, o que facilitará muito no atendimento dos retornos dos pacientes.

Para o secretário de Saúde, dr. Pedro Mello, trata-se de um salto de qualidade significativo, uma vez que as imagens de raio-X do paciente podem ser acessadas pelo médico em tempo real, onde quer que ele esteja, com acesso à internet, para análise e diagnóstico colaborativos, se necessário, permitindo a orientação do tratamento em questão de minutos. Por outro lado, o paciente também tem acesso ao exame pelo próprio celular. “É uma tecnologia extremamente prática, segura e ambientalmente limpa, cuja eficácia poderá ser medida com indicadores registrados no próprio sistema, que fornece relatórios para os gestores”, disse Mello.

De acordo com Igor Siviero, coordenador do setor radiológico da Secretaria de Saúde, à frente da implantação do Raio-X Digital, com a tecnologia, as imagens radiológicas poderão ser avaliadas pelos médicos em softwares adequados e armazenadas em um sistema de nuvem, garantindo a segurança e o gerenciamento completo de todas as imagens e laudos gerados, uma vez que as imagens ficarão armazenadas na plataforma PACS-CLOUD durante 5 anos.

Siviero explicou também que através de um leitor de QR Code ou acesso ao Link de Internet, com login personalizado, recebido logo após o exame, o usuário pode visualizar seus exames de Raio-X e os laudos gerados a qualquer momento e de qualquer lugar, bastando apenas um dispositivo com acesso à internet, como smartphones, tablets e computadores pessoais. “Estamos com o que há de melhor em tecnologia para o setor, o que nos equipara aos grandes hospitais privados de São Paulo, como o Albert Einsten, por exemplo”, afirmou.

Luis Albino, coordenador do Departamento de Informática da Secretaria de Saúde, explica que o sistema conseguiu a qualidade almejada devido à qualidade descritiva do software de gerenciamento, para que fossem incorporados recursos tecnológicos que ampliaram qualificativamente a interface com os usuários SUS, com armazenamento de fácil acesso dos arquivos.

Foram investidos para a aquisição e instalação do sistema de Raio-X Digital R$ 1,8 milhão, recursos repassados ao município pelo Ministério Público do Trabalho (MPT-15), oriundos de ação civil pública contra empresa causadora de danos ambientais e sociais. Na prática, a tecnologia não exigiu recursos financeiros do tesouro municipal.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Piracicaba Fácil.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2020, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.