Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020

21/5/2020 - Piracicaba - SP

Novo centro de hemodiálise do HFC deve entrar em funcionamento em julho




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Piracicaba

O secretário de Saúde, dr. Pedro Mello e representantes do DRS-X visitaram esta semana a obra de reforma e ampliação do Centro Integrado de Nefrologia (CIAN) do Hospital dos Fornecedores de Cana (HFC). Em estágio avançado, a nova unidade, que deve entrar em operação em meados de julho, contará com 35 pontos de hemodiálise, o que proporcionará o atendimento de 210 pacientes. Hoje 150 pessoas fazem o tratamento na unidade.

Com a ampliação de mais 60 vagas, além de conforto e qualidade de vida aos beneficiados, outros 36 pacientes SUS terão acesso ao serviço no município, reduzindo assim a necessidade de viajarem a outras cidades para ser tendidos. O Hospital dos Fornecedores de Cana (HFC) já recebeu as 23 novas máquinas de hemodiálise que vão modernizar o serviço.

O Hospital dos Fornecedores de Cana (HFC) já recebeu as 23 novas máquinas de hemodiálise que vão modernizar o serviço

IMG_8663_1

O empreendimento, que envolve, além das máquinas, renovação da infraestrutura da unidade, climatização, mobiliário e informática, está orçado em R$ 2,616 milhões, valor pago integralmente pelo governo municipal, como contrapartida do Programa Pró-Santa Casa. O projeto foi aprovado pela Comissão Intergestores Regional (CIR).

O prefeito Barjas Negri disse que essa é mais uma importante ação na área de saúde, voltada aos usuários SUS que precisam de hemodiálise para garantir uma melhor qualidade de vida. Atualmente, para suprir a demanda, a Secretaria Municipal de Saúde faz o transporte de cerca de 30 pacientes para Santa Bárbara d´Oeste, Leme e Araras. “Esse 'incômodo' necessário do transporte vai acabar para, pelo menos, 30 pessoas, que não serão mais transportadas”, destacou o prefeito.

Para o secretário Pedro Mello, o investimento no CIAN/HFC trará um grande salto na qualidade de atendimento desses pacientes com insuficiência renal. “Vamos absorver aqui, na nossa estrutura SUS, os pacientes que hoje são transportados para a região. Isso traz qualidade de vida tanto a eles como aos seus familiares, uma vez que precisam do apoio de acompanhantes durante as sessões”, ponderou o secretário.

A Diretora de Monitoramento e Avaliação de Projetos, Denise Canetto, do DRS-X, observou que a ampliação do CIAN, dentro do Programa Pró-Santa Casa, trará mais humanização aos pacientes SUS. “Este é o terceiro projeto desenvolvido no HFC com recursos do programa estadual, todos definidos a partir de discussões coletivas, em espaço democrático, para definição de propostas de interesse comum. Esta política de decisão fortalece o empreendimento em questão, concebido para beneficiar os 26 municípios que compõem o DRS-X”, disse.

 

PRÓ-SANTA CASA

Pelo Programa Pró-Santa Casa, o HFC recebe recursos do Estado para cobrir as despesas com os atendimentos dos usuários SUS em cirurgias eletivas – que possibilitaram que a fila de espera em Piracicaba fosse zerada. Cabe ao município, nesse processo, uma contrapartida para investimento em infraestrutura. Portanto, os R$ 2,616 milhões pagos pelo governo municipal, R$ 870 mil serão para as obras civis e R$ 976 mil, para aquisição de 23 novos equipamentos de hemodiálise. Climatização e ambientação vão consumir mais R$ 300 mil. Haverá ainda um gasto adicional de R$ 540 mil com aquisição de mais poltronas, monitores, material de informática etc.

 



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Piracicaba Fácil.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2020, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.