Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019

14/5/2019 - Piracicaba - SP

Biblioteca de Piracicaba: 80 anos de história




da assessoria de imprensa da Prefeitura de Piracicaba

Em clima de alegria, os 80 anos de atividades da Biblioteca Pública Ricardo Ferraz de Arruda Pinto foram solenemente saudados na manhã de hoje, 13, por representantes do segmento literário, autoridades e estudantes da Escola Municipal Dona Maria Guilhermina Lopes Fagundes. A ação que faz parte da programação especial de aniversário, homenageou a família de seu primeiro diretor, Leandro Guerrini, que atuou a frente da biblioteca, por mais de duas décadas. Até o dia 31 de maio, a população poderá participar de ações que envolvem a hora do conto, visitas monitoradas, exposição, doação de livros e devolução gratuita.

Barjas Negri falou sobre a história do equipamento cultural que após ser instalado em vários espaços da cidade, conquistou o seu próprio local de atendimento, com projeto assinado pelo arquiteto João Chaddad. “Um prefeito faz muitas coisas, mas o que fica para a história são os equipamentos públicos. Exemplo disso é este aqui, a Estação da Paulista, a Pinacoteca”, comentou o prefeito de Piracicaba.

“Durante todo o ano, a biblioteca realiza ações para estimular a leitura e o interesse da população. Contamos hoje, com mais de 18 mil usuários e 98 mil livros em nosso acervo, que nos credencia como referência nacional”, ressaltou a secretária da Ação Cultural e Turismo, Rosângela Camolese.

Representantes do segmento literário de Piracicaba e autoridades

A solenidade que contou com a participação do prefeito Barjas Negri, da secretária Rosângela Camolese, João Chaddad, Fábio Guerrini, neto de Leandro Guerrini, Rosana Oriani, diretora da Biblioteca, representantes do Instituto Histórico e Gegráfico de Piracicaba – IHGP, Academia de Letras, Centro Literário (Clip) e Grupo Oficina Literária (Golp), recebeu mais de 40 crianças na apresentação cultural. Para encerrar, a placa em homenagem aos 80 anos foi descerrada pelos presentes.

Crianças da Escola Municipal visitando a exposição

Descerramento da placa de homenagem aos 80 anos

Durante este mês, os visitantes ainda poderão apreciar imagens instaladas no hall de exposições, que resgatam a história da biblioteca e suas oito décadas de itinerância. De 1939 a 2019, o equipamento público ocupou diversos endereços provisórios, como a Câmara de Vereadores, o antigo prédio da Escola Prática de Contabilidade Moraes Barros, Teatro Santo Estevão – atualmente, coreto da praça José Bonifácio, Delegacia de Ensino Secundário e Formal, alguns casarões na área central da cidade, antigo prédio da Prefeitura e, após 2010, a atual construção exclusiva, para abrigar o acervo, localizada à rua Saldanha Marinho.

A hora do conto e visita monitorada serão realizadas sempre às 9h e às 14h, com as contadoras de história, Graziela Angelocci e Élide Fernanda. As ações não tem restrições de público ou idade, mas precisam de agendamento prévio.

Durante o período das comemorações serão doados livros das áreas de literatura, romance, poesia, filosofia, sociologia, ficção científica, matemática, ciências e outros. Esses exemplares são sobras do acervo. Para aqueles que se esqueceram de devolver livros, independente do tempo, o “mês do perdão” propiciará a oportunidade de devolução gratuita, sem o pagamento da multa de R$ 1,70, por dia de atraso.

Biblioteca Pública Ricardo Ferraz de Arruda Pinto

A unidade criada em 02 de maio de 1939, pelo prefeito Ricardo Ferraz de Arruda Pìnto, foi a primeira de todo o interior do Estado de São Paulo. Neste ano teve como diretor, Leandro Guerrini, pesquisador e historiador que, por 28 anos, dedicou-se ao acervo de 873 livros registrados.

Atualmente a biblioteca possui mais de 98 mil livros, títulos em braile e serviços voltados a população piracicabana e moradores de outras cidades. Realiza eventos ocasionais e concursos literários de Microcontos de Humor e Prêmio Escriba.

A biblioteca municipal também conta com um espaço reservado para crianças, com livros, jogos de tabuleiro e contadoras de história. Além da unidade central, existem três polos de atendimento localizados no Parque Orlanda e Parque da Rua do Porto, conhecido como quiosque literário Maria Emília Leitão Medeiros Redi, com funcionamento aos domingos.

O prédio é totalmente acessível e possui rampas de acesso, elevador, sanitários para pessoas com deficiência e adaptados para ostomizados.

Serviço – 80 anos da Biblioteca Municipal Ricardo Ferraz de Arruda Pinto (Rua Saldanha Marinho, 333, Centro). Programação especial até 31 de maio, de segunda a sexta feira, das 8h às 18h. Informações: (19) 3433-3674.



Comunicar erro nesta notícia

Se você encontrou erro nesta notícia, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente ao Piracicaba Fácil.


Enviar esta notícia por email



Dogus Comunicação

Sobre a Dogus Comunicação  |   Política de Privacidade  |   Receba Novidades  |   Acesse pelo Celular

Melhor Visualizado em 1200x900 - © Copyright 2007 - 2018, Dogus Comunicação. Todos os direitos reservados.